/*------------------- Blogger Theme by Bruna Borges - © 2013 (HTTP://ENDSTONIGHT.TUMBLR.COM/) Não se inspire ou Copie. Base: Minina ------------------------ */

I'll Never Let You Go 30º Capitulo ~ Eu te odeio!



     Estávamos escondidas entre um grupo de pessoas que estava conversando, o garoto estava de costas pra gente, a garota me parecia familiar, acho que já tinha visto ela em algum lugar, eles se beijaram, depois ele se virou, aquilo me arruinou, quando vi aquele rosto, aquele olhar, aquele sorriso. Ela o puxou pela mão e foram pra pista dançar, eu fiquei parada do jeito que estava, sem nenhuma reação.

Jas: Safado.
Cait: sem vergonha.
Jas: cachorro.
Cait: idiota, estúpido.
Jas: aquela vaca.
Cait: bandida.
Jas: nojenta.
Cait: filha de uma puta.
Jas: que nojo cara.
Nick: eu vou lá.
Cait: não faz besteira Nick.
Jas: vamos pra casa.
Nick: eu não vou fazer nada.
Cait: aquele ali é o Ryan e o Chaz? Eles estão com umas garotas.
Jas: vagabundos! Vou lá agora.

Saí de onde estava, fui em direção á eles, as meninas vinham logo atrás de mim. Quando cheguei perto deles gritei:

Nick: JUSTIN?! -em tom de ironia-.
Justin: Nick? -ele estava surpreso-.

Nem esperei ele terminar de falar, minha mão já estava levantada e pronta, dei um tapa nele.

Nick: eu te odeio! - Marcos e Chris vieram correndo em minha direção-
Marcos: Nick, o que foi?
Cait: o Justin tava se pegando com a “selerda”.
Nick: eu quero ir embora Marcos.
Marcos: tá bom. Chris, leva a Nick pro carro, eu preciso fazer uma coisa.
Chris: tá bom.

(Nick OFF) – (Jas ON)

-Marcos deu um soco na cara do Justin, ele caiu no chão-.
Marcos: Trouxa, nunca mais olha na minha cara, e não vai atrás da Nick.

Ele saiu, Justin continuou no chão, Chaz e Ryan foram ajudar ele.

Cait: como você pode fazer isso com ela?! Vamos Jas, deixa esses idiotas aí.
- olhei pro Justin, ele estava com a mão do rosto tentando aliviar a dor do soco-.
Jas: eu tenho nojo de você. 

     Saí atrás da Cait, quando passei pelo Chaz, balancei a cabeça negativamente e sai na direção do carro. Não dava pra saber se ele estava ficando com a garota, mais ele tava todo agarradinho com ela, apesar disso o que mais me decepcionou foi o Justin, como ele teve coragem de ficar com a Selena, ela só ficava parada e observando o que acontecia. Quando chegamos no carro, Nick estava de cabeça baixa, Chris estava ao seu lado, ele tentava consolar ela, “do jeito dele”. Marcos entrou bravo no carro, bateu a porta com uma força extraordinária e pisou no acelerador, só parou quando chegamos em casa, Cait subiu com a Nick pro quarto, fui pra cozinha pegar água pra Nick.

(Jas OFF) – (Nick ON)

     Uma parte de mim não acreditava no que tinha acontecido, nem no que meus olhos me fizeram ver, a outra parte queria matar o Justin, nunca mais olhar na cara dele, odiá-lo para sempre. Me pergunto porque ele fez isso comigo, porque ele não me falou a verdade. Nada me consolava, quando finalmente consigo seguir em frente, viver minha vida, e esquecer um pouco do passado, isso me acontece. Entrei no quarto e me joguei na cama, finalmente chorei,estava deitada na cama e com cabeça deitada nas pernas da Cait, ela tentava mais nada me consolava.

Cait: lembra do que você me disse: se ele fez isso com você, é porque ele não te merece.
Nick: eu odeio ele Cait, ele é um idiota, como ele pode ter feito isso comigo? Logo eu? Tudo que eu passei e agora isso. –Jas entrou no qurto-
Jas: bebe isso Nick, pra você se acalmar -ela me estendeu um copo com água-.
Nick: obrigada. –bebi a água e coloquei o copo no criado-mudo-
Jas: eu poderia até dizer que ele poderia ter uma boa explicação pra isso, mais eu vi tudo, e é difícil de acreditar.
Cait: Nunca pensei que o Justin fosse capaz disso.
Nick: eu me sinto uma idiota.
Cait: você não pode fazer isso, você tem que erguer a cabeça e mostrar que é melhor.
Jas: é, muito melhor que qualquer Selebitch’.
Nick: eu sabia que a conhecia de algum lugar.
Cait: não vamos falar dela, vamos tirar essas vibrações ruins. Vamos deixar a Nick descansar.
Jas: ok, tchau.

Elas saíram, ouvi batidas na porta.

Nick: entra.
Chris: oi.
Nick: oi.
Chris: cara eu sou horrível nisso... Nick, eu to aqui tá.
Nick: eu tô vendo.
Chris: não, eu tô dizendo que eu tô aqui, pro que você precisar, você sabe disso. E apesar dele ser meu amigo, eu achei horrível o que ele fez.
Nick: eu sei, obrigado –ele me beijou na bochecha, Marcos entrou no quarto-.
Chris: tchau, você sabe né.

Fiz que sim com a cabeça e ele saiu, Marcos se sentou na cama, coloquei minha cabeça nas pernas dele e ele fez cafuné na minha cabeça.

Marcos: eu odeio ele.
Nick: somos dois.
Marcos: olha Nick, não esquenta, ele é um idiota, o problema não é você, é ele, ele não podia ter feito isso com você, ele perdeu um partidão, você é linda, mais que a outra, seca e sem bunda.
Nick: haha, só você Marcos.
Marcos: mais é verdade, você é muito mais bonita que ela.
Nick: Marcos, faz um favor pra mim?
Marcos: claro, o quê?
Nick: não fala pra Isa o que aconteceu, ela não sabe que eu tava namorando, apesar dela ser minha amiga, mais ela já tem muitos problemas lá.
Marcos: tudo bem.
Nick: se a Sara tivesse aqui ia fazer uma algazarra na festa, ela não leva desaforo pra casa.
Marcos: você também. Eu pegava o Justin e ela pegava a Selena.
Nick: lembra um dia que ela brigou no colégio e a gente entrou na briga?! Foi muito engraçado.
Marcos: vocês duas acabaram com as meninas.
Nick: foi mesmo, e você acabou com aquele altão que estava com elas.
Marcos: verdade, haha, até que a suspensão foi boa, três dias só curtindo.
Nick: unrun.

Ficamos conversando enquanto ele fazia cafuné na minha cabeça até que dormi.

(Nick OFF) – (Marcos ON)

     A Nick dormiu enquanto eu fazia cafuné na sua cabeça, também dormi ali enquanto fazia cafuné nela. Acordei, me levantei e fui pra cozinha preparar um café pra ela. O pessoal já tinha acordado e as meninas estavam colocando algumas coisas em uma bandeja.

Marcos: Bom dia.
Cait: acho que não podemos dizer isso né.
Marcos: a força do hábito. Isso é pra Nick? –apontei pra bandeja-.
Jas: é.
Marcos: posso levar? Só vim beber um copo de suco e vou voltar pra ver como ela esta.
Cait: tudo bem, só vou terminar aqui e te dou.
Marcos: ok –peguei um pouco de suco e bebi-.
Chris: ela está melhor? 
Marcos: acho que hoje ela deve acordar um pouco melhor, pode se dizer que a Nick não é o tipo de garota que passa dias chorando.
Cait: isso eu confirmo, não é o tipo dela.
Jas: não sei, ela parecia muito triste.
Cait: pronto Marcos.
Marcos: ok –coloquei o copo em cima da mesa e peguei a bandeja-.
Chris: tomara que ela esteja melhor né.

     Fui pro quarto, Nick ainda estava dormindo, coloquei a bandeja no criado mudo, dei um beijo em sua testa, ela se mexeu um pouco e acordou, seus olhos estavam cansados, ela se sentou, coloquei a bandeja em cima de suas pernas e sentei ao seu lado.

Marcos: Bom dia.
Nick: Bom dia, que lindo, obrigada –ela pegou um morango-
Marcos: eu só trouxe, as meninas que fizeram.
Nick: que fofo.
Marcos: tá melhor? –peguei uma uva-.
Nick: mais ou menos.
Marcos: eu sei que você vai passar por isso de cabeça erguida, você vai conseguir.
Nick: acho que sim -ela deu um meio sorriso em seguida abaixou a cabeça-.
Marcos: você ainda gosta dele não é?
Nick: acho que sim, eu não sei dizer o que eu estou sentindo por ele, se é ódio, amor, raiva, ontem eu tinha vontade de matar ele e agora eu ainda me pergunto o porque dele ter feito aquilo comigo.
Marcos: eu também tenho vontade de matar ele, se ele fez isso com você, é porque ele é um idiota. 
Nick: estou sem apetite –ela se levantou e foi pro bannheiro-.
Marcos: come mais um pouco Nick, você não pode ficar sem comer, você vai ficar fraca.

     Ela não me respondeu, ouvi a água cair, estava banhando, deixei a bandeja lá caso ela decida comer, sai do quarto dela, fui pro meu, tomei banho, e desci pra sala, ela não estava lá.

Marcos: pensei que a Nick estava aqui.
Cait: e a gente pensou que ela estava com você.
Marcos: quando eu saí do quarto, ela estava banhando, e ela não comeu.
Chris: isso é ruim.
Jas: ela não pode ficar sem comer.
Marcos: e não vai adiantar insistir, se eu conheço ela, ela não vai comer agora, só quando der vontade.
Nick: Bom dia.
Todos: Bom dia.
Chris: já tomou café-da-manhã? Tem um monte de coisa na mesa.
Nick: não to com fome, vou sair.
Marcos: sair? 
Nick: é, gente eu tô bem.
Cait: mais Nick, você...
Nick: relaxa gente, melhor eu sair do que ficar no quarto chorando.
Marcos: Ok.

Ela saiu.

Chris: o que vocês acham?
Dylan: acham do quê? –ele entrou e se sentou do lado do Chris-.
Jas: Não sei se a Nick vai gostar se a gente contar, mais você é amigo dela, o Justin estava com a Selena em uma festa ontem –o sorriso que estava no rosto dele se desfez-.
Chris: e a Nick pegou eles se beijando.
Dylan: eu quero matar ele.
Marcos: então somos dois.
Cait: e agora a teoria do Marcos estava certa.
Cole: que teoria?
Marcos: que a Nick não ia ficar chorando por dias e dias, só que eu estava certo e errado.
Jas: como assim?
Marcos: a Nick pode não estar chorando pelos cantos, mais ela está chorando por dentro, e por fora esta tentando parecer forte, por orgulho.
Chris: é verdade.
Dylan: porque o Justin fez isso com ela, ela gostava tanto dele, ele é muito idiota mesmo.
Jas: aí é que tá, a gente não sabe, todos nós achávamos que ele tinha terminado com a Selesma.
Marcos: então ele estava com a Selena e a Nick ao mesmo tempo, namorando as duas.
Cole: esse garoto é louco.
Chris: apesar dele ser meu amigo, acho que ele pisou na bola.
Cait: pisar na bola é pouco, ele também é meu amigo, mais eu vi eles dois claramente se beijando lá na festa e foi repugnante.
Dylan: ele é meu amigo, mais eu gosto muito da Nick e odiaria que qualquer um a magoasse.
Cole: e a Selena? Ela não ficou com raiva dele?
Jas: aquela vadia? Só ficou parada olhando, feito uma idiota.

Paramos de falar, Nick estava chegando.

Nick: por que pararam de fala? Já sei, estavam falando de mim e do Justin, podem continuar, eu não me importo, nem lembro de muita coisa daquela noite –ela se sentou do lado do Dylan-.
Cait: a gente tava falando do por que da Jas ter tanta raiva da Selena.
Jas: estava? Ah é, bom, foi assim, na verdade a gente era tipo melhores amigas, só que ela me sabotou.
Cole: como assim?
Jas: nós éramos muito amigas, só que a Selena era e é muito egoísta quando o assunto é fama e dinheiro, ela não gosta que ninguém seja melhor que ela,um dia ela estava comigo no shopping e recebi um telefonema da revista “fulana”(pensem em um nome legal) é uma revista muito importante, e eles me queriam na capa e também uma entrevista, eu dei pulos de alegria, e disse que aceitava, logo eu contei pra ela, primeiro ela fez cara de surpresa e depois forçou um sorriso de alegria que na hora eu não percebi porque estava tão alegre, ela sempre me contava que tinha vontade de aparecer na capa daquela revista, apesar dela já ter fama o suficiente, ela sempre queria mais.
Cait: muito o tipo dela, falsa.
Jas: no outro dia eles ligariam para marcar o dia de tudo, nesse dia a Selena quis passar o dia comigo, achei legal, nós ficamos em casa sozinhas, já eram 3h, a hora que eles iam ligar pra mim, só que quando fomos pra perto da piscina ela fingiu escorregar e me empurrou, eu burra acreditei, sai da água e fui me trocar, meu celular estava na sala de estar e meu quarto era longe, então eu não ouvi quando ligaram, ela atendeu e disse que eu não queria mais fazer nada, que achava a revista uma bosta e mais um monte de besteiras.
Marcos: como você sabe que ela disse isso se você estava no quarto e não dava de ouvir nada?
Jas: espera que eu vou chegar lá, então quando eu voltei ela estava agindo como se nada tivesse acontecido, disse que ia embora porque estava cansada e ainda me desejou boa sorte e foi embora, eu fiquei desesperada porque não podia perder aquela chance, se eu aparecesse na capa daquela revista, minha carreira ia melhorar muito. No outro dia fui lá ver o que tinha acontecido, quando cheguei lá a secretária me falou que eles me ligaram e que eu disse coisas horrorosas, eu neguei e disse que não tinha recebido nenhuma ligação, ela disse que uma garota tinha atendido a ligação mais não adiantava mais pois eles já tinham uma pessoa melhor pra capa.
Nick: que Bitch nojenta.
Jas: perguntei quem era e ela disse que era a Selena Gomez, eu fiquei puta, olhei as ligações atendidas no meu celular e vi a ligação deles ás 3h em ponto, perguntei pra ela se eu podia ver ela no estúdio que ela era minha amiga, ela deixou, quando entrei dei um tapa na cara dela e puxei o cabelo dela, disse que odiava ela e que ela não era mais minha amiga, e que nunca mais queria falar com ela, ela fingiu ser inocente e tal, mais quando eu já estava na porta no estudio e não tinha ninguém por perto, ela me disse que eu era uma idiota, e que ela nunca me considerou amiga dela, que eu jamais apareceria na capa da revista porque eu não era como ela, eu só dei um sorriso e disse que ela ia me pagar caro por isso, ela deu uma risada que me deu nojo e voltou pra maquiagem.
Dylan: nunca pensei que ela fosse capaz disso.
Chris: eu nunca fui com a cara dela, depois disso tive certeza que ela não presta.
Cait: sempre soube que ela não prestava.
Jas: ela é capaz de tudo.

(Marcos OFF) - (Nick ON)

Meu celular tocou.

Nick: vou pro meu quarto.

-Ligação ON-

Nick: alô.
~#~: Oie minha lindaaa.
Nick: oi Isa, que saudades amiga.
Isa: eu também tô com muitas saudades.
Bia: eu também, eu também.
Nick: Oie Bia minha linda.
Isa: tá no viva-voz,kkkk
Nick: percebi.
Bia: e as novidades?
Nick: nenhuma, e aí?
Isa: ahh, eu tenho, sabe aquela bitch' da nossa sala?
Nick: sei.
Bia&Isa: Ela esta G-R-A-V-I-D-A!
Nick: nem é surpresa, qualquer dia isso ia acontecer.
Bia: a melhor parte é que adivinha quem é o pai?
Nick: quem?
Isa&Bia: O PROFESSOR DE ED. FÍSICA!
Nick: OMG, aquele tarada, ele nunca me enganou.
Isa: pois é, eles querem abortar.
Nick: que horror, na hora de fazer é bom, mais na hora de criar ninguém quer.
Bia: achei uma maldade fazer isso.
Isa: o que todo mundo fala é isso, o assunto da cidade, do bairro, do colégio são eles.
Nick: espera, alguém na outra linha.
Bia: a gente liga depois, tchau.
Nick: tchau.

Era número desconhecido.

Nick: Alô?
xxxx: ...
Nick: quem tá aí?
xxxx: ...
Nick: OI?
xxxx: ...
Nick: quem é?
...Tu, tu, tu.

Desligou na minha cara, filho de uma p***. Estou com dor de cabeça, vou deitar e tentar dormir.

(Nick OFF) - (Justin ON)

     QUE ÓDIO!!! Isso não podia ter acontecido, que merda, eu me odeio. Não acredito que isso aconteceu, a Nick não pode ter visto isso, porque a merda da Selena veio agora. O que mais me doeu não foi nem o tapa que a Nick me deu, nem o soco do Marcos -que devo admitir, doeu muito-, o que doeu foi eu ter magoado a Nick, isso não podia ter acontecido, ela nunca vai me perdoar.
Quando eles saíram Ryan e Chaz me ajudaram á levantar, nós não fomos pra minha casa, fomos pra casa do Chaz, chegamos e eles me levaram pra cozinha, Selena ficava no meu pé me abusando.

Selena: Justin o que foi isso? porque essa garota te deu um tapa? porque aquele garoto te bateu? eu não tô entendendo nada.
Chaz: normal.
Selena: engraçadinho. Me responde Justin!
Justin: eu não te devo satisfação Selena!
Selena: como assim não me deve satisfações Justin?
Justin: Selena vê se você me entende agora: Some da minha vida, a gente já terminou, eu não sei porque você  me beijou, mais é a última vez, você nunca me deixa falar, nós não temos mais nada, você sabia que eu estava namorando, eu te falei logo que você chegou lá em casa, e eu só fui nessa droga dessa festa porque os meninos insistiram, eu queria arrumar um jeito de te explicar isso de um jeito que não te magoasse, mais você passou dos limites, me beijar sabendo que eu tinha namorada? por favor né Selena, agora, por favor vai embora.
Selena: Justin, eu...
Ryan: a porta é logo alí ó.


Continua...

Um comentário:

  1. OMG, rindo muito com a tirada que o Ryan deu na Selena.

    ResponderExcluir